Domingo, 22 de Novembro de 2009

 

Em Vila da Ponte, Sernancelhe, realiza-se anualmente a festa em honra de Nª Srª das Necessidades, organizada por um grupo de Mordomos nomeado anualmente pela anterior comissão de Festas.

 

Ao longo do ano vão angariando meios financeiros para o grande dia, através de leilões, donativos do povo, e apoios de varias entidades empresariais.


Na véspera da festa, à noite, os festejos iniciam-se pela diversão com um conjunto musical, seguido dum arraial de fogo vivo e foguetes.


No dia da festa, logo de manhã cedo, o povo é acordado ao som de morteiros, e pouco depois a Banda de música percorre toda a aldeia em festa.


No fim da manhã inicia-se a Procissão até à Sra das Necessidades, que parte da Igreja Paroquial, havendo então missa campal, sermão,e visita ao Santuário.

 

Depois o regresso da Procissão em triunfo (com as bandeiras, os andores, anjinhos e figuras bíblicas, e aínda o pálio com o Santo Lenho) pelas principais ruas ruas da freguesia.

 

Ao fim do dia novamente conjunto musical e baile, terminando assim este grande dia.

 

                    

2003 - afesta de Agosto de VIla da Ponte, Sernancelhe from Antonio_Canotilho on Vimeo.

                                          ____________________________________

 

 

E são estes eventos do nosso interior Beirão, que se repetem nos meses de Verão através das Festas Religiosas Populares.


O povo mobiliza-se na na difícil execução da preparação e angariação de fundos para a sua festividade em honra do padroeiro da sua terra e comunidade, que num misto de profano e de sagrado vão expressando a sua cultura e religiosidade.


A organização das festas inclui normalmente as comunidades paroquiais, constituídas pelos seus párocos, em colaboração com a sociedade civil colectividades, entidades particulares, sempre a tentar a animar as aldeias com as Festas de Verão que então movimentam imensa gente.


 A motivação sócio-cultural é característica da força popular que pretende preservar os valores da sociedade e da cultura. Assim sendo, a prática impõe-se como uma herança tradicional, como lugar de encontro e de convívio. Daí que se dê especial importância portanto à festa local, às peregrinações e às procissões.

 

 

                  

Festa de Vila da Ponte há anos from Antonio_Canotilho on Vimeo.

                                     ______________________________________

 

 

 

Sente-se o valor da religiosidade popular através de expressões elementares, de fácil relacionamento entre os símbolos e os conteúdos envolventes, e que respondem a qualquer coisa de profundo e unitário ser humano.

As crenças procuram ter uma visão natural de Deus, uma certa indefinição do sagrado, e uma tendência a dar muita importância à figura dos Santos.
A religiosidade popular é no fim de contas uma sub-cultura, dum povo que está ligado à tradição.

 

 

Depois todo o culto da religiosidade popular evidenciado através da expressividade que se verifica  nas procissões, nas promessas, nas penitências, nas peregrinações.

Há como que um certo ambiente sagrado dos lugares onde se pratica o culto e peregrinações.
O fenómeno das promessas, em que há uma espécie de pacto com o sobrenatural, corresponde também a um sentimento expressivo do culto na religiosidade popular.
A religiosidade popular é consequentemente um factor de integração comunitária, em que não há diferenças de classes. As festas são as verdadeiras ocasião de integração.

 

Depois sentimos nas divulgações e nos ambientes festivos um misto entre o sagrado e o profano: os cartazes das festas religiosas populares cuja mistura de informação e propaganda mistura são verdadeiras formas de atracção e de sedução para pessoas de fora.

 

Verifica-se que muitas vezes certas manifestações, como procissões ou determinadas celebrações atraem muita gente, mas outras nem tanto. Por isso, com um cartaz que anuncia outras actividades, podem chamar pessoas àquela terra que acabam por assistir às celebrações religiosas também.



publicado por valores-do-douro-sul às 14:50 | link do post | comentar

António José Leitão Canotilho

Cria o teu cartão de visita
artigos recentes

Ciclovia do Dão - um perc...

As nossas crianças

Grupo de Cantares de Carr...

Ponte do Abade - procissã...

Aguiar da Beira - desfile...

Aguiar da Beira - feira d...

Paredes da Beira, uma luf...

Paredes da Beira, São Joã...

Vesúvio, Douro e o comboi...

RIODADES, a comemoração p...

Banda Filarmónica de Riod...

Riodades, a Procissão de ...

Vilar, Rancho folclórico ...

Atuação da Banda de Rioda...

Em Covelinhas, Régua e na...

A locomotiva a vapor A 18...

A ponte do comboio e os t...

2008 - Feira Aquilineana ...

Medalha de Ouro da Cidade...

Grupo de Cantares de Barc...

Nª Senhora do Sabroso - A...

Pinhão, Domingo 27-08-17,...

Faia

Identidade cultural de Vi...

Granja do Tedo, aldeia de...

Macieira, aldeia de Serna...

Cultura é Património - Gr...

Os nossos Velhinhos de Se...

A Régua, o Comboio em Cov...

A Estação do Tua e o Dour...

A identidade Cultural de ...

A festa do 15 de Agosto d...

O Douro e o comboio - da ...

Foz do Távora à Quinta da...

De Soutelo do Douro para ...

Covelinhas e Pinhão - o c...

1985 - Primeira Comunhão ...

A Primeira Comunhão e Com...

A primeira Missa do Sacer...

Rancho Folclórico de Arna...

A feira Aquiliniana da La...

Barqueiros, o Douro e o C...

Voltando às lagaradas de ...

Da estação da Alegria no ...

As Lagaradas de Celeirós ...

Linha férrea do Douro: da...

Favaios, festa vinhateira...

O Grupo de concertinas de...

O Vesúvio no Douro

Linha do Douro entre Arno...

tags

"grupo de cantares de s. miguel"

11 de setembro

1985 - comunhão em vila da ponte

a crise de valores

a estação de caminhos de ferro do vesúvi

a luta

a sé e a srª dos remédios

a vida

aguiar da beira desfile etnográfico

aguiar da beira feira atividades economi

alexandre fandino

alma feminina

almas do douro

alto da escrita

amigos

amizade

andar a pé

antónio cabral do douro

antónio canotilho

arcozelo da torre

armamar

arnas

as nossas crianças

associação de acordeonistas do távora e

atuação banda riodades 2008

banda de riodades

banda filarmónica de lalim

banda filarmónica de nagoselo do douro

banda filarmónica de pinhel

barco douro

barco moliceiro

barcos

barcos tabuaço

barqueiros e o douro

barragem de bagaúste

barragem do vilar

barragens do douro

bombos barcos

caça fotográfica

caminhar

cantadores de janeiras

cantadores de janeiras de s. marta de pe

caretos de bragança

carnaval de bragança

carnaval de lazarim

carrazeda de anciães

castelo

castelo de ourém

cavalhadas de vildemoinhos

ciclovia do dão

cidadania; civismo

coimbra e o mondego

coisas simples da vida

comboio a vapor

comboio a vapor do douro

comboio a vapor pinhão

comboio da rede à quinta das carvalhas

comboio do douro

comboio do douro foz do távora

comboio do douro quinta da romaneira

comboio histórico do douro

comboio miradouro no pinhão

comboio no ferrão; vapor no ferrão; vapo

comboio presidencial

comboio régua a lamego

comboio vapor

comunhão solene vila da ponte 2008

concertinas de riodades

concerto de amor

contadores de histórias do douro

douro

douro vinhateiro

farminhão

feiras novas

ferradosa

festa do 15 de agosto

festa vinhateira de barcos

folclore

grupo coral de barcos

grupo de cantares de constantim

grupo de cantares de fornelos

grupo de cantares de vila real

lamego

linha do douro

moimenta da beira

nossa senhora da agonia

orquestra ligeira câmara tarouca

penedono

pinhão

ponte de lima

procissão do mar

rancho folclórico do vilar

rede

ribeira do porto

santa marta de penaguião

são joão da pesqueira

sernancelhe

tabuaço

tuna de tabuaço

via sacra de ourém

todas as tags

arquivos
participar

participe neste blog

Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


mais sobre mim
links
blogs SAPO
comentários recentes
Eu gosto da sua contribuição, saudações
Ola eu sou a isabelle gonçalo e sou da bals...
Muitos Parabéns Dr. António Canotilho!!!De facto o...
Parabéns, Dr. Canotilho e mais uma vez obrigado pe...
Em nome do Grupo de Cantares de Fornelos, quero de...
Obrigado, muitos cumprimentos
Obrigado Dr Canotilho, será colocado no próximo do...
Boa tarde Sr Gabriel Obrigado pelas suas palavras,...
OláUm texto fantástico generoso pela partilha de c...
Parabéns pela página!Está estrondosamente linda e ...
Sondes tonos
E muito bonito
Olá Uma excelente e oportuna reflexão... um texto ...
O granjal e terra mais bonita nas tradisoes
Son una buena banda a mi parecer los escuche una v...
Sem palavras!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Maravilhoso todo...
Obrigado.Vou avaliar e apreciar o seu blogCumprime...
Muito interessante este seu blog.:)
olá Sr. Doutor... como sempre está de parabéns!!!!...
O TEATRAÇO - Teatro Amador de Tabuaço - agradece a...