Domingo, 11 de Abril de 2010

Douro Sul

Território Nacional a sul do rio Douro, a marcar a divisão entre o centro e o norte interior de Portugal, ou seja o espaço mais setentrional do Distrito de Viseu.

Zona fundamentalmente rural, mas vincada pelos grandiosos valores monumentais com uma simbiose perfeita entre o ser humano e a natureza, alicerçada ao longo de milhares de anos, desde que o homem ali vive.

Douro Sul, que, desde Vila da Ponte, uma aldeia de Sernancelhe, ou Barcos em Tabuaço, até Soutelo do Douro na Pesqueira é tão cheio de contrastes, salientando-se nesta antinomia, a grande vitalidade e encanto dos seus habitantes.

A cultura da vinha é a principal actividade de sustento destas gentes.

Mais propriamente na região demarcada do Douro o vinho generoso constitui uma riqueza nas encostas do Douro, onde a proliferação de graciosas quintas e casais se denota.

Também em zonas mais distante do epicentro do Douro, encontramos os famosos espumantes da Murganheira, da Raposeira e de Moimenta da Beira.

Já na zona de Armamar, nos territórios mais altos a produção frutícola, essencialmente de maçãs constitui para essas gentes uma poderosa fonte de rendimento.

Em penedias mais altas como do concelho de Sernancelhe, na serra da Lapa ou então de Moimenta da Beira, nas serra da Nave a produção de gado caprino e a agricultura de subsistência ainda persiste.

Douro Sul, cheio de fortes tradições religiosas e culturais possui como elo de ligação o Arcebispado de Lamego.

Toda esta região está repleta de Igrejas, ermidas e capelas, com histórias centenárias, oferecendo a toda a paisagem mais uma característica agradável que a caracteriza.

A apresentação de hoje é direccionada à festividade anual de Nossa Senhora de Lurdes, realizada na segunda-feira de Páscoa na encantadora aldeia de Nagoselo do Douro no concelho de São João da Pesqueira.

A paisagem nesta freguesia possui uma tal força estranha, que é resultado duma simbiose quase perfeita entre o homem e a natureza.

Mesmo dominada pelo ser humano, não perde a sua característica imponente, bravia e selvagem, ou seja o mais profundo respeito que o homem sempre manteve pela natureza cheia de escarpas e precipícios envolventes.

A procissão a Nª Srª de Lurdes 2010 - Nagoselo do Douro

 

Os panoramas observados por toda esta freguesia e em especial no miradouro de Nossa Senhora de Lurdes oferecem um panorama grandioso infinito.

É encantador descrever as graciosas paisagens que se podem visualizar perante a abrangência de hectares e hectares de vinhedos muito bem tratados e alinhados.

Nesta altura do ano, Abril, salpicam na paisagem algumas amendoeiras em flor, oferecendo um contraste branco por entre a paisagem.

A Banda Filarmónica de Nagoselo do Douro na festa anual da aldeia - 2010 - primeira parte

A norte do miradouro de Nossa Senhora de Lurdes denota-se a imponência do rio Douro, propiciando ao longe, na sua margem direita, a visualização da linha férrea do Douro e a estação do Tua.

Tal como outras ermidas da vizinhança, São Salvador do Mundo, estes símbolos religiosos, situados nos pontos mais altos e nas escarpas mais assombrosas, retratam a fervorosa crença religiosa que caracteriza esta população.

É a sabedoria católica a pulular: a congregação entre o divino e o humano, comunhão e instituição, pessoa e comunidade, fé e pátria, inteligência e afecto.

Sabedoria cristã afirmando a dignidade do ser humano, procurando ensinar e encontrar a natureza, a compreender o penoso trabalho, criando as razões do seu bem estar, no meio duma tão dura vida.

A Banda Filarmónica de Nagoselo do Douro na festa da sua aldeia - 2010 - parte 2

Vamos então à festa da aldeia: encontram-se os conterrâneos e familiares, fazem-se amigos, cumpre-se a promessa da graça concedida, lembram-se as recordações e fazem-se projectos para o futuro.

É o grande acontecimento da aldeia com um sentido tão extraordinário, como se nunca tivesse acontecido, mas considerado sempre um dos mais grandiosos – que encantador.

Sentiu-se na população e amigos o grande fervor e a alegria festiva.

A procissão muito concorrida, percorreu algumas ruas de Nagoselo, e rumou em direção à longínqua ermida de Nª Srª de Lurdes. À passagem da Imagem de Nª Srª uma velhina emergia lágrimas do rosto a suplicar o pedido do alívio desejado.

Nas ruas da aldeia impressionava o que se via e se sentia. Um misto de melancolia e paixão, olhos baixos e corações emocionados, lágrimas de tristeza e de alegria.

A procissão com o andor ricamente ornamentado com flores naturais, salpicadas de notas de oferta dos fieis respeitava e emocionava todos. Velhos e novos, todos iam na procissão com o máximo de respeito e dignidade;

a ruas e as janelas da aldeias estavam cheias de gente à passagem da majestosa procissão.

E assim foi esta manifestação, com a celebração da missa no local da ermida, seguida dum piquenique improvisado entre amigos e conterrâneos, terminando durante a tarde com um grandioso concerto exibido pela Banda Filarmónica de Nagoselo do Douro e que apresento neste trabalho.

Valeu a pena assistir à festa: pessoas alegres, animadas e hospitaleiras.

Proporcionaram-nos a nós vizinhos o conhecimento dos seus valores e sua região.

O pároco da aldeia, Reverendo Pde Seixeira, deixou-me saudades na sua homilia: foi Pároco da minha aldeia de Vila da Ponte durante alguns anos – foi um reencontro emocional muito agradável.

A identidade e cultura deste povo foram bem caracterizadas em todo o evento religioso e profano.

Revi amigos que os tinha perdido há anos, Rute Donas Botto e os seus pais - que agradável.

A hospitalidade transmitida pelo Sr Presidente da Junta de Freguesia, José António do Nascimento Lopes criou entre nós verdadeiros laços de amizade e comunidade.

A Banda Filarmónica de Nagoselo do Douro na festa anual da aldeia - 2010 - terceira parte



publicado por valores-do-douro-sul às 16:00 | link do post | comentar

1 comentário:
De Litinha Santos a 12 de Abril de 2012 às 15:57
Parabéns pela página!
Está estrondosamente linda e com a informação necessária a enaltecer a nossa Terra.
Bem haja!


Comentar post

António José Leitão Canotilho

Cria o teu cartão de visita
artigos recentes

Ciclovia do Dão - um perc...

As nossas crianças

Grupo de Cantares de Carr...

Ponte do Abade - procissã...

Aguiar da Beira - desfile...

Aguiar da Beira - feira d...

Paredes da Beira, uma luf...

Paredes da Beira, São Joã...

Vesúvio, Douro e o comboi...

RIODADES, a comemoração p...

Banda Filarmónica de Riod...

Riodades, a Procissão de ...

Vilar, Rancho folclórico ...

Atuação da Banda de Rioda...

Em Covelinhas, Régua e na...

A locomotiva a vapor A 18...

A ponte do comboio e os t...

2008 - Feira Aquilineana ...

Medalha de Ouro da Cidade...

Grupo de Cantares de Barc...

Nª Senhora do Sabroso - A...

Pinhão, Domingo 27-08-17,...

Faia

Identidade cultural de Vi...

Granja do Tedo, aldeia de...

Macieira, aldeia de Serna...

Cultura é Património - Gr...

Os nossos Velhinhos de Se...

A Régua, o Comboio em Cov...

A Estação do Tua e o Dour...

A identidade Cultural de ...

A festa do 15 de Agosto d...

O Douro e o comboio - da ...

Foz do Távora à Quinta da...

De Soutelo do Douro para ...

Covelinhas e Pinhão - o c...

1985 - Primeira Comunhão ...

A Primeira Comunhão e Com...

A primeira Missa do Sacer...

Rancho Folclórico de Arna...

A feira Aquiliniana da La...

Barqueiros, o Douro e o C...

Voltando às lagaradas de ...

Da estação da Alegria no ...

As Lagaradas de Celeirós ...

Linha férrea do Douro: da...

Favaios, festa vinhateira...

O Grupo de concertinas de...

O Vesúvio no Douro

Linha do Douro entre Arno...

tags

"grupo de cantares de s. miguel"

11 de setembro

1985 - comunhão em vila da ponte

a crise de valores

a estação de caminhos de ferro do vesúvi

a luta

a sé e a srª dos remédios

a vida

aguiar da beira desfile etnográfico

aguiar da beira feira atividades economi

alexandre fandino

alma feminina

almas do douro

alto da escrita

amigos

amizade

andar a pé

antónio cabral do douro

antónio canotilho

arcozelo da torre

armamar

arnas

as nossas crianças

associação de acordeonistas do távora e

atuação banda riodades 2008

banda de riodades

banda filarmónica de lalim

banda filarmónica de nagoselo do douro

banda filarmónica de pinhel

barco douro

barco moliceiro

barcos

barcos tabuaço

barqueiros e o douro

barragem de bagaúste

barragem do vilar

barragens do douro

bombos barcos

caça fotográfica

caminhar

cantadores de janeiras

cantadores de janeiras de s. marta de pe

caretos de bragança

carnaval de bragança

carnaval de lazarim

carrazeda de anciães

castelo

castelo de ourém

cavalhadas de vildemoinhos

ciclovia do dão

cidadania; civismo

coimbra e o mondego

coisas simples da vida

comboio a vapor

comboio a vapor do douro

comboio a vapor pinhão

comboio da rede à quinta das carvalhas

comboio do douro

comboio do douro foz do távora

comboio do douro quinta da romaneira

comboio histórico do douro

comboio miradouro no pinhão

comboio no ferrão; vapor no ferrão; vapo

comboio presidencial

comboio régua a lamego

comboio vapor

comunhão solene vila da ponte 2008

concertinas de riodades

concerto de amor

contadores de histórias do douro

douro

douro vinhateiro

farminhão

feiras novas

ferradosa

festa do 15 de agosto

festa vinhateira de barcos

folclore

grupo coral de barcos

grupo de cantares de constantim

grupo de cantares de fornelos

grupo de cantares de vila real

lamego

linha do douro

moimenta da beira

nossa senhora da agonia

orquestra ligeira câmara tarouca

penedono

pinhão

ponte de lima

procissão do mar

rancho folclórico do vilar

rede

ribeira do porto

santa marta de penaguião

são joão da pesqueira

sernancelhe

tabuaço

tuna de tabuaço

via sacra de ourém

todas as tags

arquivos
participar

participe neste blog

Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


mais sobre mim
links
blogs SAPO
comentários recentes
Eu gosto da sua contribuição, saudações
Ola eu sou a isabelle gonçalo e sou da bals...
Muitos Parabéns Dr. António Canotilho!!!De facto o...
Parabéns, Dr. Canotilho e mais uma vez obrigado pe...
Em nome do Grupo de Cantares de Fornelos, quero de...
Obrigado, muitos cumprimentos
Obrigado Dr Canotilho, será colocado no próximo do...
Boa tarde Sr Gabriel Obrigado pelas suas palavras,...
OláUm texto fantástico generoso pela partilha de c...
Parabéns pela página!Está estrondosamente linda e ...
Sondes tonos
E muito bonito
Olá Uma excelente e oportuna reflexão... um texto ...
O granjal e terra mais bonita nas tradisoes
Son una buena banda a mi parecer los escuche una v...
Sem palavras!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Maravilhoso todo...
Obrigado.Vou avaliar e apreciar o seu blogCumprime...
Muito interessante este seu blog.:)
olá Sr. Doutor... como sempre está de parabéns!!!!...
O TEATRAÇO - Teatro Amador de Tabuaço - agradece a...