Quinta-feira, 18 de Setembro de 2008

 

                                   

A cultura tradicional portuguesa neste nosso interior beirão está a resistir firmemente aos novos tempos, todavia com grande trabalho pela frente, para que hoje e no futuro se recordem as raízes das nossas populações.

Actuação do Rancho Folclórico do Vilar - Moimenta da Beira na tarde de 13-09-2008

Os gritos e as vozes das crianças que salteiam entusiasmados no largo do recinto das festas de Riodades são abafados com a música e cantares de chegada ao palco de todos os elementos do Rancho do Vilar. A alegria e o desejo duma boa actuação, foram as notas dominantes da pauta naquele preciso momento. E as expectativas foram alcançadas: por uns bons 90 minutos o palco do recinto viveu verdadeiros momentos de cantares e danças verdadeiramente contagiantes.

A associação cultural do Vilar " Associação cultural rio Távora"  tem realmente desenvolvido um trabalho exemplar de pesquisa, recolha e reconstituição na ciência da etnografia e folclore, tornando-a numa verdadeira representante da sua aldeia.

O  folclore na verdade abrange toda a cultura cuja fonte de origem é a popular, desde os contos, às adivinhas, lendas, passatempos, tradições, jogos e mesmos rezas.  São geralmente os mais idosos a principal fonte de todo o património desta cultura de matriz popular 

 

O Rancho Folclórico em referência identifica-se com boa precisão nesta área geográfica beirã, rural e com influência do vale doTávora. Possui na verdade uma representação muito próxima da autenticidade de há umas boas dezenas de anos atràs, ou seja a cultura típica transmitida pelas várias gerações anteriores 

 

Juventude: o futuro do folclore

 

Respeitar a cultura tradicional é uma batalha difícil num mundo globalizado, mas não é impossível. Há sinais de esperança.

Nos vários espectáculos a que assisti, e o do Rancho Folclórico do Vilar não é excepção, a massa humana jovem mostra uma grande vitalidade e entusiasmo nas actuações, ou seja, é um importante suporte de preservação do folclore.

Bons herdeiros do futuro do folclore e sem preconceitos,  alindando este espetáculo e valor cultural. 

O Sr. Helder, apresentador e figura dominante deste agrupamento vive intensamente para o sucesso e bom nível do seu Rancho.

Sem dúvida pela apresentação que observei e pelas palavras que foi transmitindo nos intervalos das actuações, é um dos Homens que procura salvar,  recuperar e divulgar todo o antigo património, para que os vindouros, se conservem verdadeiramente portugueses e capazes de manter as suas raízes culturais inseridas na herança social que o passado legou.

Os valores do passado e os costumes dos nossos antecedentes são o pilar mestre da identidade de uma cultura. E só se pode gostar e estimar os valores de que se conhecem profundamente.

 



publicado por valores-do-douro-sul às 19:35 | link do post | comentar

1 comentário:
De vitor a 16 de Maio de 2009 às 16:26
Critica!!!
Verefiquei que em determinadas exebiçoes alguns elementos do grupo, na minha opnião poderião esforçar-se um pouco mais, pois verifiquei que poderia haver mais energia (garra) da parte dos referidos elementos na medida em que na parte do publico que observa nota com bastante intencidade essa falha.
De quelquer forma e com muito prazer que encontro um bocado da minha terra na net!
Boa continuação!!!


Comentar post

António José Leitão Canotilho

Cria o teu cartão de visita
artigos recentes

Rancho Folclórico de Arna...

A feira Aquiliniana da La...

Barqueiros, o Douro e o C...

Voltando às lagaradas de ...

Da estação da Alegria no ...

As Lagaradas de Celeirós ...

Linha férrea do Douro: da...

Favaios, festa vinhateira...

O Grupo de concertinas de...

O Vesúvio no Douro

Linha do Douro entre Arno...

Homens de Portugal

Os Bailes

A Roga de Provesende

A festa vinhateira de Bar...

Grupo Musical Duriense "A...

Grupo de tocadores de con...

O Grupo de Cantares de Ba...

Esta noite é de Janeiras ...

Cantadores de Janeiras de...

Cantadores de Janeiras de...

Cantadores de Janeiras de...

Cantadores de Janeiras de...

Cantadores de Janeiras de...

Jazz - tributo a Benny Go...

Marcha do concelho de Tab...

O Hino da Banda de Sendim...

Banda Filarmónica de Lal...

Tuna de Tabuaço - interpr...

Património Imaterial do D...

Um casal bem disposto - a...

Coro da Santa Casa da Mis...

O Grupo de Cantares de Ba...

Os bombos e Gigantones na...

Primavera no Vale da Ferr...

O Douro e a Orquestra lig...

O Douro e a Orquestra lig...

O comboio histórico do Do...

A orquestra de Medrões e ...

Venham visitar o nosso Do...

Um passeio de eléctrico n...

Ourém, a Via Sacra - 2ª p...

Ourém, a Via Sacra - 1ª p...

Um passeio pela Régua, Co...

O grupo de cantares de Fo...

O Inverno na Barragem de ...

A Queima do Diabo em Brag...

O Carnaval dos caretos em...

As rusgas nas Feiras Nova...

Feiras Novas em Ponte de ...

tags

"grupo de cantares de s. miguel"

11 de setembro

a crise de valores

a estação de caminhos de ferro do vesúvi

a luta

a sé e a srª dos remédios

a vida

accordeonista

alexandre fandino

alma feminina

almas do douro

alto da escrita

amigos

amizade

andar a pé

antónio cabral do douro

antónio canotilho

arcozelo da torre

armamar

arnas

associação cultural rio távora

associação de acordeonistas do távora e

banda filarmónica de lalim

banda filarmónica de nagoselo do douro

banda filarmónica de pinhel

barco douro

barco moliceiro

barcos

barcos tabuaço

barqueiros e o douro

barragem de bagaúste

barragem do vilar

barragens do douro

bombos barcos

caça fotográfica

caminhar

cantadores de janeiras

cantadores de janeiras de s. marta de pe

cantigas populares

caretos de bragança

carnaval de bragança

carnaval de lazarim

carrazeda de anciães

castelo

castelo de ourém

cavalhadas de vildemoinhos

ciclovia do dão

cidadania; civismo

coimbra e o mondego

coisas simples da vida

comboio a vapor

comboio a vapor do douro

comboio do douro

comboio histórico do douro

comboio régua a lamego

comboio vapor

concertinas de riodades

concerto de amor

contadores de histórias do douro

coração do porto

coro santa casa misericórdia matosinhos

covelinhas

covelinhas e pinhão

crueldade

cultura no douro sul; turismo no douro s

douro

douro vinhateiro

farminhão

feira aquilineana da lapa

feiras novas

ferradosa

festa vinhateira de barcos

festas

folclore

granjal

grupo coral de barcos

grupo de cantares de constantim

grupo de cantares de fornelos

grupo de cantares de vila real

hino

lamego

linha do douro

moimenta da beira

nossa senhora da agonia

nossa senhora do sabroso

orquestra ligeira câmara tarouca

penedono

pinhão

ponte de lima

procissão do mar

rede

ribeira do porto

riodades

santa marta de penaguião

são joão da pesqueira

sernancelhe

tabuaço

tuna de tabuaço

via sacra de ourém

vila da ponte

todas as tags

arquivos
participar

participe neste blog

Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14
15

16
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


mais sobre mim
links
blogs SAPO
comentários recentes
Ola eu sou a isabelle gonçalo e sou da bals...
Muitos Parabéns Dr. António Canotilho!!!De facto o...
Parabéns, Dr. Canotilho e mais uma vez obrigado pe...
Em nome do Grupo de Cantares de Fornelos, quero de...
Obrigado, muitos cumprimentos
Obrigado Dr Canotilho, será colocado no próximo do...
Boa tarde Sr Gabriel Obrigado pelas suas palavras,...
OláUm texto fantástico generoso pela partilha de c...
Parabéns pela página!Está estrondosamente linda e ...
Sondes tonos
E muito bonito
Olá Uma excelente e oportuna reflexão... um texto ...
O granjal e terra mais bonita nas tradisoes
Son una buena banda a mi parecer los escuche una v...
Sem palavras!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Maravilhoso todo...
Obrigado.Vou avaliar e apreciar o seu blogCumprime...
Muito interessante este seu blog.:)
olá Sr. Doutor... como sempre está de parabéns!!!!...
O TEATRAÇO - Teatro Amador de Tabuaço - agradece a...
Um registo que apazigua as saudades de alguns do l...