Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

TTTUAAA-1.jpg
A interacção que se sente entre as grandiosas obras de engenharia realizadas em finais do Século XIX na linha do Douro, como os túneis e pontes metálicas,  embelezadas agora com o Comboio a Vapor e o MiraDouro, estes do Século XX, recuperados em exactidão, criam o ambiente mágico a despertar ao Turista e amante dos comboios a percepção da vivência num mundo diferente.

TTTUAAA-4.jpg 

O passeio guiado por estas locomotivas a ser percorrido tranquilamente,e sendo conhecedores da história heroica do percurso com a mente imaginativa a adotar o papel de personagem do terreno desde o início da linha, sentir-se-hão contextualizados num dos "figurinos" que no séc. XIX e XX se empenhavam em prol da linha férrea, seja como maquinista do comboio, chefe duma estação, ou um simples passageiro.

 

Enfim, depois dos 36.5 km a apreciar e contemplar as paisagens paradisíacas do Douro, partindo da Régua, eis que este substracto mágico ferroviário termina na estação de caminhos de ferro do Tua, onde nos deparamos então com a realidade da linha do Tua já encerrada, e a continuação da Linha do Douro até ao Poçinho. 

Surge nova reflexão na mente: os carris que, para leste nos transportavam para o infinito da Europa, e para oeste nos remetem ainda à Cidade do Porto, à rede nacional de caminhos de ferro.
E este adjectivo de pensamento, ao transportar o homem a uma série de esperanças infinitas, remete-o a um outro espetáculo da vida: a pretenção aos seus desejos em concórdia à época pretendida.
E então, tendo terminado o percurso de Comboio na Estação do Tua, ao cruzar com uma outra composição de comboios na estação penso: não me importaria de continuar o passeio, horas e horas sem fim, a apreciar novas paisagens à velocidade do Vapor.

TTTUAAA-2.jpg

Linha férrea do Douro, vanguarda tecnológica do século XIX e XX, revivê-la com com toda a nostalgia do seu passado epopeico, remete o homem culto para décadas passadas, mas que na realidade é o pulo da vanguarda.
O saber e a realidade dos séculos citados, são os verdadeiros agentes catalizadores dos progressistas do século XXI. É o retorno aos valores culturais que simbolizam e dignificam as comunidades, para que o homem possa ainda inverter a trajectoria civilizacional descendente de que tem vindo a ser vítima com o moderno mundo da globalização e das velocidades alucinantes.

TTTUAAA-3.jpg

O exemplo destas linhas paisagísticas, tão acarinhadas e orgulho simbólico e sentimental do homem da época, é já uma atracção e referência para o homem moderno na audácia cada vez maior em se apoderar dos seus valores simbólicos e epopeicos, para que assim os possa repor e sentir com a mesma ousadia dos seus avós e bisavós.

É o aproveitamento aos modelos do passado, para que assim nos sintamos integrados na cultura e valores do mundo em que vivemos, e consequentemente sentirmo-nos como parte integral duma civilização a facultar orgulho e bem estar.
Uma inversão à velocidade desenfreada dos dias de hoje com o exemplo comprovado do passado a asseverar a nossa existência e realidade da vida.



publicado por valores-do-douro-sul às 18:31 | link do post | comentar

António José Leitão Canotilho

Cria o teu cartão de visita
artigos recentes

Ciclovia do Dão - um perc...

As nossas crianças

Grupo de Cantares de Carr...

Ponte do Abade - procissã...

Aguiar da Beira - desfile...

Aguiar da Beira - feira d...

Paredes da Beira, uma luf...

Paredes da Beira, São Joã...

Vesúvio, Douro e o comboi...

RIODADES, a comemoração p...

Banda Filarmónica de Riod...

Riodades, a Procissão de ...

Vilar, Rancho folclórico ...

Atuação da Banda de Rioda...

Em Covelinhas, Régua e na...

A locomotiva a vapor A 18...

A ponte do comboio e os t...

2008 - Feira Aquilineana ...

Medalha de Ouro da Cidade...

Grupo de Cantares de Barc...

Nª Senhora do Sabroso - A...

Pinhão, Domingo 27-08-17,...

Faia

Identidade cultural de Vi...

Granja do Tedo, aldeia de...

Macieira, aldeia de Serna...

Cultura é Património - Gr...

Os nossos Velhinhos de Se...

A Régua, o Comboio em Cov...

A Estação do Tua e o Dour...

A identidade Cultural de ...

A festa do 15 de Agosto d...

O Douro e o comboio - da ...

Foz do Távora à Quinta da...

De Soutelo do Douro para ...

Covelinhas e Pinhão - o c...

1985 - Primeira Comunhão ...

A Primeira Comunhão e Com...

A primeira Missa do Sacer...

Rancho Folclórico de Arna...

A feira Aquiliniana da La...

Barqueiros, o Douro e o C...

Voltando às lagaradas de ...

Da estação da Alegria no ...

As Lagaradas de Celeirós ...

Linha férrea do Douro: da...

Favaios, festa vinhateira...

O Grupo de concertinas de...

O Vesúvio no Douro

Linha do Douro entre Arno...

tags

"grupo de cantares de s. miguel"

11 de setembro

1985 - comunhão em vila da ponte

a crise de valores

a estação de caminhos de ferro do vesúvi

a luta

a sé e a srª dos remédios

a vida

aguiar da beira desfile etnográfico

aguiar da beira feira atividades economi

alexandre fandino

alma feminina

almas do douro

alto da escrita

amigos

amizade

andar a pé

antónio cabral do douro

antónio canotilho

arcozelo da torre

armamar

arnas

as nossas crianças

associação de acordeonistas do távora e

atuação banda riodades 2008

banda de riodades

banda filarmónica de lalim

banda filarmónica de nagoselo do douro

banda filarmónica de pinhel

barco douro

barco moliceiro

barcos

barcos tabuaço

barqueiros e o douro

barragem de bagaúste

barragem do vilar

barragens do douro

bombos barcos

caça fotográfica

caminhar

cantadores de janeiras

cantadores de janeiras de s. marta de pe

caretos de bragança

carnaval de bragança

carnaval de lazarim

carrazeda de anciães

castelo

castelo de ourém

cavalhadas de vildemoinhos

ciclovia do dão

cidadania; civismo

coimbra e o mondego

coisas simples da vida

comboio a vapor

comboio a vapor do douro

comboio a vapor pinhão

comboio da rede à quinta das carvalhas

comboio do douro

comboio do douro foz do távora

comboio do douro quinta da romaneira

comboio histórico do douro

comboio miradouro no pinhão

comboio no ferrão; vapor no ferrão; vapo

comboio presidencial

comboio régua a lamego

comboio vapor

comunhão solene vila da ponte 2008

concertinas de riodades

concerto de amor

contadores de histórias do douro

douro

douro vinhateiro

farminhão

feiras novas

ferradosa

festa do 15 de agosto

festa vinhateira de barcos

folclore

grupo coral de barcos

grupo de cantares de constantim

grupo de cantares de fornelos

grupo de cantares de vila real

lamego

linha do douro

moimenta da beira

nossa senhora da agonia

orquestra ligeira câmara tarouca

penedono

pinhão

ponte de lima

procissão do mar

rancho folclórico do vilar

rede

ribeira do porto

santa marta de penaguião

são joão da pesqueira

sernancelhe

tabuaço

tuna de tabuaço

via sacra de ourém

todas as tags

arquivos
participar

participe neste blog

Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


mais sobre mim
links
blogs SAPO
comentários recentes
Eu gosto da sua contribuição, saudações
Ola eu sou a isabelle gonçalo e sou da bals...
Muitos Parabéns Dr. António Canotilho!!!De facto o...
Parabéns, Dr. Canotilho e mais uma vez obrigado pe...
Em nome do Grupo de Cantares de Fornelos, quero de...
Obrigado, muitos cumprimentos
Obrigado Dr Canotilho, será colocado no próximo do...
Boa tarde Sr Gabriel Obrigado pelas suas palavras,...
OláUm texto fantástico generoso pela partilha de c...
Parabéns pela página!Está estrondosamente linda e ...
Sondes tonos
E muito bonito
Olá Uma excelente e oportuna reflexão... um texto ...
O granjal e terra mais bonita nas tradisoes
Son una buena banda a mi parecer los escuche una v...
Sem palavras!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Maravilhoso todo...
Obrigado.Vou avaliar e apreciar o seu blogCumprime...
Muito interessante este seu blog.:)
olá Sr. Doutor... como sempre está de parabéns!!!!...
O TEATRAÇO - Teatro Amador de Tabuaço - agradece a...