Segunda-feira, 19.09.11

Desde visitantes, aos que se deslocam sazonalmente para as vindimas, ou mesmo grandes intelectuais como Poetas e Escritores, o Douro é fonte adequada e inesgotável de reflexões, decisões ou mesmo inspirações.
A cada quilometro de percurso vão surgindo os mais fascinantes e interessantes cenários, a causar uma vibração dos sentidos aos mais desatentos.

Sábado 17 de Setembro, o destino de hoje é a Quinta do Panascal, Tabuaço, que está sob uma intensa azáfama, pois está em período de vindimas.

Inicio a apresentação deste filme de 8 minutos com a passagem do comboio do Douro por terras de Sabrosa, composição traccionada por uma máquina a vapor e carruagens de madeira.

A linha do Douro, também ela dum romantismo envolvente, desenvolve-se na sua maior parte junto à margem do Douro, caminho de ferro simbólico, dinamizador de toda a região Douriense, cuja conclusão terminou em finais do século XIX. Tem uma extensão de 203 quilómetros, ligando o Porto a Barca de Alva. Notável obra de engenharia para a época, com vinte e seis túneis e trinta pontes, e estas confeccionadas nas Oficina de Eiffel.

Mas vamos subir então à Quinta do Panascal, localizada na margem direita do Távora perto da foz do Douro.
Aproximando-nos, visualizamos um vai e vem de carrinhas com pequenos contentores cheios de uvas, a descarregar no lagar da quinta.
É que estamos em Setembro, o mês em que o Douro celebra o ritual das colheitas das vindimas.
Por todo o perímetro da quinta há um fervilhar desta actividade, impressionando no ar o aroma da uva, a mesma que depois de tratada se transforma num dos melhores vinhos do mundo, o vinho do Porto.
Vinho, fruto dum penoso trabalho das gentes da região, que, horas a fio sobem e descem os socalcos dos vinhedos elegantemente plantados desde a margem do rio aos pícaros mais altos dos montes.

É aqui nas vindimas que rapazes e raparigas vindos das aldeias anexas para a apanha da vinha, tantas vezes sentem o ambiente propício para namoriscos ou futuros relacionamentos.

A quinta do Panascal, altiva sobre o Távora, oferece uma paisagem monumental sobre o vale e montanhas de Tabuaço.
Envolvente por vinhas em socalcos, os miradouros que circundam a propriedade contagiam com o romantismo da paisagem, visível a muitos quilómetros.

Neste período de Setembro tivemos a oportunidade de assistir à chegada das uvas e o pisar destas nos lagares.

Vale a pena uma visita a esta quinta, ainda mais que o Encarregado desta recebe os visitantes com uma simpatia ímpar

 



publicado por valores-do-douro-sul às 22:35 | link do post | comentar

António José Leitão Canotilho

Cria o teu cartão de visita
artigos recentes

Romantismo do Douro - a q...

tags

"grupo de cantares de s. miguel"

11 de setembro

1985 - comunhão em vila da ponte

a crise de valores

a estação de caminhos de ferro do vesúvi

a luta

a sé e a srª dos remédios

a vida

aguiar da beira desfile etnográfico

aguiar da beira feira atividades economi

alexandre fandino

alma feminina

almas do douro

alto da escrita

amigos

amizade

andar a pé

antónio cabral do douro

antónio canotilho

arcozelo da torre

armamar

arnas

as nossas crianças

associação de acordeonistas do távora e

atuação banda riodades 2008

banda de riodades

banda filarmónica de lalim

banda filarmónica de nagoselo do douro

banda filarmónica de pinhel

barco douro

barco moliceiro

barcos

barcos tabuaço

barqueiros e o douro

barragem de bagaúste

barragem do vilar

barragens do douro

bombos barcos

caça fotográfica

caminhar

cantadores de janeiras

cantadores de janeiras de s. marta de pe

caretos de bragança

carnaval de bragança

carnaval de lazarim

carrazeda de anciães

castelo

castelo de ourém

cavalhadas de vildemoinhos

ciclovia do dão

cidadania; civismo

coimbra e o mondego

coisas simples da vida

comboio a vapor

comboio a vapor do douro

comboio a vapor pinhão

comboio da rede à quinta das carvalhas

comboio do douro

comboio do douro foz do távora

comboio do douro quinta da romaneira

comboio histórico do douro

comboio miradouro no pinhão

comboio no ferrão; vapor no ferrão; vapo

comboio presidencial

comboio régua a lamego

comboio vapor

comunhão solene vila da ponte 2008

concertinas de riodades

concerto de amor

contadores de histórias do douro

douro

douro vinhateiro

farminhão

feiras novas

ferradosa

festa do 15 de agosto

festa vinhateira de barcos

folclore

grupo coral de barcos

grupo de cantares de constantim

grupo de cantares de fornelos

grupo de cantares de vila real

lamego

linha do douro

moimenta da beira

nossa senhora da agonia

orquestra ligeira câmara tarouca

penedono

pinhão

ponte de lima

procissão do mar

rancho folclórico do vilar

rede

ribeira do porto

santa marta de penaguião

são joão da pesqueira

sernancelhe

tabuaço

tuna de tabuaço

via sacra de ourém

todas as tags

arquivos
participar

participe neste blog

Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


mais sobre mim
links
blogs SAPO
comentários recentes
Eu gosto da sua contribuição, saudações
Ola eu sou a isabelle gonçalo e sou da bals...
Muitos Parabéns Dr. António Canotilho!!!De facto o...
Parabéns, Dr. Canotilho e mais uma vez obrigado pe...
Em nome do Grupo de Cantares de Fornelos, quero de...
Obrigado, muitos cumprimentos
Obrigado Dr Canotilho, será colocado no próximo do...
Boa tarde Sr Gabriel Obrigado pelas suas palavras,...
OláUm texto fantástico generoso pela partilha de c...
Parabéns pela página!Está estrondosamente linda e ...
Sondes tonos
E muito bonito
Olá Uma excelente e oportuna reflexão... um texto ...
O granjal e terra mais bonita nas tradisoes
Son una buena banda a mi parecer los escuche una v...
Sem palavras!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Maravilhoso todo...
Obrigado.Vou avaliar e apreciar o seu blogCumprime...
Muito interessante este seu blog.:)
olá Sr. Doutor... como sempre está de parabéns!!!!...
O TEATRAÇO - Teatro Amador de Tabuaço - agradece a...